28 de fevereiro de 2010

Me espera!

Meus demônios nominados tornaram-se anjos,
Meus medos, força,
Minhas dúvidas, expectativas,
Minha vida, brincadeira.


Mas a busca continua.
Mesmo sem sentido.
Não há nada definido, nem o caminho.
Me espera...

3 comentários:

Carlos Augusto Matos disse...

Nossa, belo poema, captei vossa msg,e vou guarda-la pq serve pra mim tb...

Bjuxxxx

Fofura em Biscuit disse...

expectativa de uma busca Mesmo que sem sentido...



demorei pra comentar,Mas estava de olho...Amei o post mais um pra minha coleção!

Fique bem!

Rafa =)!

karen Sheila disse...

Vou é chamar o padre Quevedo pra te exorcizar isso sim.

bjookaaaaa